Comissão Eleitoral Nacional de São Tomé e Príncipe tornou-se membro de pleno direito da Rede das Competências Eleitorais Francófonas.

A admissão da Comissão Eleitoral Nacional (CEN), da República Democrática de São Tomé e Príncipe, como membro de pleno direito da Rede das Competências Eleitorais Francófonas (RECEF), aconteceu no dia 22 de Março, em Cotonou-Benim, durante a 5ª Assembleia Geral da RECEF, realizada naquela cidade africana entre os dias 20 e 22 de Março de 2017.

À semelhança da Comissão Eleitoral Nacional de São Tomé e Príncipe, em Cotonou, também foram admitidos as candidaturas das Comissões Eleitorais de Cabo Verde, Haiti e Togo, totalizando neste momento 31 membros de pleno direito desta organização internacional que congrega as Comissões Eleitorais dos países membros da francófonia.

A admissão de STP, foi seguida de um pedido formal, endereçado nos finais de Janeiro 2017 ao Secretariado da RECEF em Quebeque – Canada, pela Comissão Eleitoral Nacional de São Tomé e Príncipe.

Em Cotonou, a Comissão Eleitoral Nacional de São Tomé e Príncipe, esteve representada pelo seu Presidente Alberto Pereira e Evaldo da Cruz, membro da CEN.

RECEF é uma Associação dos órgãos de gestão eleitoral dos países membros da Francofonia, como as Comissões Eleitorais ou as Direcções Gerais de Eleições. Esta associação foi criada em 2011 em Quebeque - Canada e visa, sobretudo, a promoção do Estado de direito, a paz, a democracia e o respeito dos direitos humanos. Antes desta 5ª Assembleia-geral realizada em Cotonou, quatro outras capitais dos países membros da Francofonia, já tinham recebido as Assembleias da RECEF, como Quebeque em 2011 que acolheu a Assembleia Constitutiva e as Assembleias-gerais realizadas em Libreville em 2012, Bamaco em 2014, Bruxelas em 2015 e Tunis em 2016.

Recorda-se que, depois da admissão de São Tomé e Príncipe, como membro observador da Francofonia em 1997 na Cimeira da Francofonia realizada em Hanoi- República de Vietname, finalmente, foi em 1999 na Cimeira da Francofonia realizada em Moncton – Canada, que a Republica Democrática de São Tomé e Príncipe tornou-se membro de pleno direito da Francofonia, que é uma organização internacional constituídos pelos países francófonos e os que partilham a língua francesa como instrumento linguístico de trabalho.

 

Comissão Eleitoral Nacional, Março 2017. 

Anterior Calendário de Deslocação das Brigadas de Recenseamento Eleitoral de Raiz, Distrital e Regional. Terceira Fase.
Seguinte Calendário de Deslocação das Brigadas de Recenseamento Eleitoral de Raiz. Segunda Fase, Quarta Deslocação.